chevron_left Back to News updates
4 November 2020

As capitais da áfrica avançam para enfrentar as mudanças climáticas e construir cidades mais sustentáveis sob uma liderança recentemente eleitada

top right mosaic bottom left mosaic

As capitais da áfrica avançam para enfrentar as mudanças climáticas e construir cidades mais sustentáveis sob uma liderança recentemente eleitada

As 54 capitais da África elegeram sua nova Presidência para os próximos três anos. Sua Excelência a Prefeita Roheyatou Malick Lowe, Prefeita de Banjul, Gâmbia e Membro do Comitê Executivo do Parlamento Global de Prefeitos (GPM), é a recém-eleita Presidente do Fórum das Capitais Africanas Sustentáveis (ACCSF). Ela é acompanhada na Presidência do ACCSF por Sua Excelência Soham El Wardini a Prefeita de Dakar, Senegal, e por Sua Excelência Mohamed Sadiki o Prefeito de Rabat, Reino de Marrocos.

Este Fórum, fundado em 2015 pela cidade de Tshwane, é dedicado a reunir todas as capitais da África para mobilizar e acelerar mudanças políticas, governança multinível, colaboração e ações locais para abordar as questões de desenvolvimento cumulativas e profundamente interconectadas que as comunidades urbanas em rápido crescimento estão enfrentando. Seu foco é moldar cidades mais sustentáveis, seguras, inclusivas e resilientes para todos, com foco especial na abordagem de desigualdades sociais e econômicas, atrasos de serviços e infraestrutura, mudanças climáticas e degradação do ecossistema de maneiras que estimulem o crescimento, criação de empregos, igualdade de gênero e desenvolvimento da juventude.

Os membros do ACCSF concluíram seu processo de eleição interna em outubro para eleger seus líderes para os próximos três anos. Os resultados são os seguintes:

Presidente entrante: Sua Excelência Roheyatou Malick Lowe, Prefeita de Banjul, Gâmbia

Primeira vice-presidente: Sua Excelência Soham El Wardini, Prefeita de Dakar, Senegal

Segundo Vice-presidente: Sua Excelência Mohamed Sadiki, Prefeito de Rabat, Reino de Marrocos

Juntos, esta Presidência está comprometida em fortalecer a voz e os esforços de defesa das capitais da África, e de todas as cidades do continente, como parceiros essenciais para os governos nacionais, o setor privado e as comunidades urbanas para enfrentar coletivamente as questões complexas e crescentes relacionadas com desenvolvimento sustentável, conforme expresso nos ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável). Diante da Década de Ação das Nações Unidas, focada na consecução dos ODS até 2030, e da Década da Restauração do Ecossistema, ambas com início em 2021, o ACCSF está pronto e comprometido, sob sua nova liderança para liderar pelo exemplo, como um coletivo na África, mas também cada um como uma capital em seus respectivos países.

Comprometido com a estreita colaboração com outros níveis de governo e com a União Africana e as estruturas da sua Comissão, para alcançar a Visão 2063 de “A África que Queremos”, o ACCSF terá a sua reunião inaugural sob a sua nova liderança no em dezembro.

Esta reunião, sob o tema da Realização de uma Ação Coletiva pelo Clima: O Papel Único das Cidades Capitais da África para Impulsionar a Mudança que Precisamos, será uma reunião fechada de alto nível para líderes do ACCSF (Prefeitos, Governadores e outros líderes africanos locais das capitais) e seus convidados. Esta sessão especial está aberta à mídia credenciada, que poderá se envolver diretamente com esses líderes e especialistas importantes.

Durante a próxima década, o ACCSF abordará uma ampla gama de questões de desenvolvimento, incluindo acesso mais direto ao financiamento, mandatos locais e estruturas de governança multinível aprimoradas para garantir que as cidades da África se tornem paraísos seguros e inclusivos para inovação e aumento da qualidade de vida para todos. Isso permitirá que os africanos de todo o continente vivam em harmonia com a natureza e de formas que construam suas economias e sua resiliência, possibilitando uma recuperação verde e de baixo carbono do COVID-19, com maior e mais equitativo acesso a recursos e oportunidades para seus comunidades urbanas em rápido crescimento.

Percebendo que, como capitais, elas estão em uma posição única para impulsionar e liderar mudanças nacionais, que podem levar a mudanças continentais, as cidades membros do ACCF estão profundamente comprometidas em tomar as mãos e resolver essas questões juntas. Este compromisso e forte reserva estão claros nesta declaração inaugural da nova Presidente do ACCSF, S.E. Mayor Lowe:

O Fórum das Capitais Africanas Sustentáveis, sendo uma rede poderosa, está comprometido com minha visão política como Prefeita da Capital Banjul, para promover o crescimento e o desenvolvimento. Essa foi uma questão fundamental em meu manifesto político ao disputar as eleições municipais em 2017. Esse sonho não me escapou e ainda é meu compromisso, não apenas com Banjul, mas agora como presidente do ACCSF. Estou entusiasmada com o fato de que, com estreita colaboração e consulta, juntos podemos comemorar o que já foi alcançado nas áreas de transição para cidades com eficiência de recursos e resilientes ao clima, e outras áreas dos ODS. Nossos desafios nas áreas que ameaçam nosso desenvolvimento continuam sendo cruciais – entre eles, as questões da degradação da terra e da biodiversidade, o desemprego e as desigualdades sociais, bem como o acesso à energia e à água, entre outros. Apesar dessas questões candentes, é minha convicção fervorosa que com a nova inspiração e o surgimento da posição em que me encontro como Presidente do ACCSF, nós, como um corpo de prefeitos dedicados que têm nosso continente no coração, deixaremos nossas pegadas, para as gerações futuras perceberem que desempenhamos nossos papéis por meio de parceria e colaboração.

Adicionando ao acima exposto, a declaração inaugural de S.E. Mohamed Sadiki, Prefeito de Rabat, focou na necessidade de ação dirigida localmente, seu próprio compromisso com o ACCSF, e uma mensagem de agradecimento aos seus colegas prefeitos africanos, governadores e outros chefes das Cidades do ACCSF:

O principal motor da mudança de comportamento humano é a mudança ambiental! Esta é a razão pela qual nós, como Prefeitos, podemos iniciar ações importantes em nível local. Para isso, nosso compromisso com o desenvolvimento sustentável é uma prioridade e uma política pública de direito próprio. A promoção da sustentabilidade não deve se limitar à sua dimensão restauradora, mas deve ser preventiva como parte de uma política proativa. Devemos repensar nosso modelo de desenvolvimento, antecipar nossas ações e promover cidades resilientes e inclusivas por meio de uma abordagem participativa que mobilize todos os atores regionais, especialmente a sociedade civil e todos os cidadãos, sem deixar ninguém para trás. Por meio dessas convicções, reiteramos nosso compromisso de servir na Presidência do ACCSF, de levá-la a novos patamares e, acima de tudo, de contribuir fortemente para o desenvolvimento de grandes diretrizes estratégicas e de liderança, e lançar as bases de uma visão promissora de sustentabilidade e de cidades africanas inovadoras, em linha com a Agenda 2063 da União Africana. Em nome do Município de Rabat, agradecemos aos Prefeitos das Capitais Africanas que nos elegeram, como parte de uma Presidência colegiada e unida ao lado de minhas irmãs e colegas: Sua Excelência a Sra. Roheyatou Lowe, Prefeita de Banjul, como Presidente do ACCSF e Sua Excelência a Sra. Soham El Wardini, Prefeito de Dakar, como 1ª Vice-Presidente do ACCSF.

Share on social:
https://nefula.com/ https://seodio.com/ https://bookofraonlinespiele.com/ https://thetural.com/ https://bluesky.namb.net/ https://143.198.203.123/ https://165.22.105.72/ https://178.128.48.164/ https://165.22.104.76/ https://resbangli.bali.polri.go.id/brand/ https://dmc.pwr.edu.pl/brand/ https://mat.uab.cat/earco/brand/ https://kepk.uima.ac.id/brand/ https://cms.ncu.edu.jm/brand/ https://president.lru.ac.th/brand/ https://sinalidade.letras.ufrj.br/brand/